quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Conhecer ou não conhecer, eis a questão

Me diga, quantas pessoas você conhece? Certamente você respondeu que conhece várias, mas não estou falando disso. Estou perguntando quantas pessoas você realmente conhece.
Acredite, são poucas, e bem menos do que você imagina. Aquele seu amigo de infancia, que está sempre junto de você, você pode não conhece-lo de verdade.
Você só conhece mesmo uma pessoa quando descobre que não sabe nada sobre ela. O que as pessoas falam ou fazem na sua frente e na frente dos outros pode ser bem diferente do que elas realmente são, mesmo que você conviva com ela por anos.
Aquela pessoa de quem você mais esperava ajuda te vira as costas quando você mais precisa dela, e aquele que você mal conhece te estende a mão sem esperar nada em troca.
Aquela pessoa que você amava não é nada do que você achava, e aquela pra quem você nunca olhou é a pessoa que te completa.
Aqueles que te odeiam podem te amar, e aqueles que te amam podem querer só se aproveitar de você. "O oposto do amor não é o ódio, e sim a indiferença"
Aqueles que você ajudou vao te deixar na mão, aqueles que você subestimou vão te mostrar o seu valor.
Você descobre que os mais timidos são os que querem chamar mais atenção, e que os mais extravagantes tem medo de mostrar quem realmente são.
Os que mais sorriem são os que choram por dentro, os que derramam lágrimas são os mais alegres.
O verdadeiro amigo não é aquele que ri com você, e sim aquele que chora com você e te ajuda a superar os problemas.
O verdadeiro amigo é aquele que elogia, mas critica quando tem que criticar.
É aquele que está perto nos bons e maus momentos, mesmo que não possa ajudar.
Pode ser o mais bobo, o mais atrapalhado, o que menos te entende, mas que se você precisar, vai ficar do seu lado.
É aquele que te aceita do jeito que você é. Que mesmo não te entendendo, te respeita.
É aquele que vai te estender a mão sem esperar nada em troca, aquele que vai se preocupar com você quando nem você faz isso.
Pense bem, quem são os seus verdadeiros amigos? Quem você realmente conhece?

2 comentários:

Aline J. Romy disse...

Lendo isso pensei na falta que você vai me fazer quando for embora .-. Porque vou sentir saudades, de verdade D:
Te amo, mano <3

isabella M. disse...

confesso que ao ler disso lembrei da minha situação agora,achei que conhecia uma amiga de muito tempo,mas não conhecia,não gosto quando as pessoas não agem como realmente são,te fazem gostar delas,para num dia,a mascara cair..e ser tudo diferente de como parecia que era.É meio dificil de se acostumar :/